Sandra Meyer

 

Sandra MeyerEsse site teve origem na minha imensa paixão pela Arteterapia, artesanato, reciclagem e restauração e a intenção de compartilhar conhecimentos. 

Sendo assim, criamos o site como um meio para construir, desconstruir ou consolidar conhecimentos de forma coletiva e dinâmica. 

"O conhecimento é o único bem que se adquire por toda a eternidade." 

       


        Arteterapia 

    Segundo a Associação Brasileira de Arteterapia, é um modo de trabalhar utilizando a linguagem artística como base da comunicação cliente-profissional e a sua essência é a criação e a elaboração artística em prol da saúde. Criar é expressar nossa existência, as emoções humanas mais profundas e a Arteterapia vai lidar com este processo criativo. Criar abrange a habilidade em usar o cérebro para alterar, renovar, recombinar os aspectos da vida. Implica em sentir o mundo com vitalidade e fazer um novo uso do que se percebeu.
    É expressar nossas vivências, sonhos, conforme os sentidos e descobrir novas formas segundo as quais uma sociedade pode ser construída. A Arteterapia é o uso da arte como terapia e embora seja uma atividade milenar, se desenvolveu há cerca de 60 anos. A arte é por si só uma atividade regeneradora. As atividades artísticas são um canal para um nível não verbal de percepção que leva ao processo de individuação. Neste processo somos forçados a nos confrontar com diversas facetas de nosso íntimo que estão geralmente em conflito com nossas ideias e comportamento consciente.
    A Arteterapia é uma forma de terapia que através da estimulação da expressão, do desenvolvimento da criatividade favorece a liberação de emoções, de conflitos internos, de imagens perturbadoras do inconsciente entrando em contato com ansiedades, conteúdos reprimidos, medos e tantos outros conflitos. Desenvolve a coordenação motora e o desenvolvimento da criatividade desenvolve no sujeito mais e melhores "saídas" no dia a dia e em consequência o equilíbrio físico, mental, espiritual e aumento da autoestima.

        Artesanato 
    O artesanato faz parte das atividades da Arteterapia, pois o ato criativo se faz presente também no trabalho do artesão, onde a manipulação de materiais leva à necessidade de representação, à necessidade de produzir uma obra pessoal, característica.
    A criatividade está ligada à atividade artística e o artesão pode escolher e experimentar os materiais e as técnicas que melhor atendam às suas propostas de produção. O artesão vai vivenciar o processo criativo com todas as belezas e angústias que o envolvem. O artesanato pode ser entendido como oportunidade para a pessoa se expressar e descobrir as próprias aptidões; oportunidade de autoconhecimento e valorização das manifestações artísticas. Com o artesanato, a pessoa desenvolve habilidades com as mãos e, principalmente, com o cérebro, dando lugar à criatividade através de diversos materiais, técnicas e procedimentos.
    O artesão vai criar, aproximando ideias e materialidade. Vai dar forma, vai dar vida à sua ideia e, com isto, está exercitando a mente. Pode, ainda, transformar esse hobby em atividade que lhe traga remuneração, pois os produtos artesanais têm excelente aceitação no mercado e podem ser pensados como gerador de renda e também na ressocialização do sujeito.


Voltar ao topo